Guia Extra
LOCALIZAR

Notícias

Guia Extra Uberlândia

ENTRETENIMENTO

Entenda por que trailer do filme Barbie ficou por dias proibido de ser exibido no Brasil pelo Conar

Conar havia aplicado uma suspensão liminar a um dos trailers de divulgação do longa-metragem.

13/07/2023 - 14:47
Entenda por que trailer do filme Barbie ficou por dias proibido de ser exibido no Brasil pelo Conar

O filme "Barbie", da Warner Bros, ainda nem foi lançado, mas já é um dos assuntos mais comentados do ano. E, desde a última semana, ele passou a ser tema de interesse também do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

O órgão concedeu, na última sexta-feira (7), uma liminar parcial que suspendia a exibição de um dos trailers do filme nos cinemas brasileiros, exclusivamente em sessões em que a classificação indicativa fosse aberta para menores de 12 anos

O trailer em questão é a primeira peça publicitária em vídeo de "Barbie". Nele, crianças aparecem brincando com bonecas, até que uma das meninas quebra a cabeça dos brinquedos.
Na tarde desta segunda-feira (11), contudo, o próprio Conar suspendeu a proibição aplicada ao trailer após a empresa responsável pelo filme informar que o Ministério da Justiça e Segurança Pública conferiu classificação etária livre para o filme e seus trailers.

Por que o trailer foi proibido?

Segundo o Conar, a decisão pela suspensão ocorreu após o órgão receber uma denúncia de um consumidor, alegando que o trailer em questão não seguia as recomendações da Seção 11 do Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária.

  • O artigo 37 da Seção prevê que "os esforços de pais, educadores, autoridades e da comunidade devem encontrar na publicidade fator coadjuvante na formação de cidadãos responsáveis e consumidores conscientes".

O Código determina que nenhum anúncio publicitário poderá, entre outros pontos, desmerecer valores sociais positivos, como amizade, urbanidade, honestidade, justiça, generosidade e respeito a pessoas, animais e ao meio ambiente.

Assim, a relatora da representação ética do Conar que concedeu a liminar parcial em relação à exibição do trailer ressaltou, em sua decisão, que a peça publicitária está em exibição ostensiva para o público infantil e com cenas de não-urbanidade, ausência de boas maneiras e ato violento ou inseguro, em referência à cena da criança quebrando a cabeça da boneca.

  • "Neste sentido, e porque a tutela dos direitos da criança está sujeita ao princípio da precaução, ela concedeu medida liminar parcial, recomendando a sustação da divulgação de um dos teasers do filme, restrição válida apenas para as divulgações nos blocos de espaço comercial em sessões de cinema de filmes com classificação indicativa inferior a 12 anos, por ser esta a idade de proteção da criança estabelecida pelo artigo 2º do Estatuto da Criança e do Adolescente", explicou o Conar, em nota.

O órgão destaca, porém, que a liminar estava limitada somente ao trailer, que é uma peça publicitária, e não está relacionada à exibição do filme, que é uma obra artística.

A suspensão da proibição

Em contato com o g1, a assessoria do Conar informou que o órgão decidiu suspender a sua proposta de liminar parcial aplicada ao trailer.

Segundo a nota, a decisão foi tomada "diante da informação trazida pela anunciante, de que o Ministério da Justiça e Segurança Pública conferiu classificação etária livre ao filme e seu trailer, tendo informado que tal medida também incluiria especificamente o teaser publicitário objeto da representação do Conar".

Apesar da suspensão da liminar, o Conar informa que a relatora do caso solicitou mais informações à anunciante de "Barbie" no Brasil, para analisar se a tramitação da denúncia no órgão deverá ficar prejudicada pelo exame do mesmo tema pelo Ministério.

Autor: Bruna Miato

Fonte: g1.globo.com

Compartilhe a Notícia!

Últimas Notícias

Notícias de Uberlândia

As Melhores Lojas de Uberlândia

Melhores Ofertas